O PRINCÍPIO DO MACHADO

 

machadoEliseu estava com alguns amigos à beira do rio Jordão. Eles desejavam construir uma casa, pois o lugar que moravam era estreito. Depois da permissão do profeta para que se mudassem, os homens começaram a trabalhar. Sucedeu que, enquanto eles cortavam madeira, o machado que estavam usando caiu na água. Um rapaz, desesperado, gritou: “ai, meu Deus, ai meu Senhor.” A ferramenta era emprestada. Vendo a situação aflitiva, Elias procurou ajudar: “Onde caiu?” e o homem lhe mostrou o lugar. O profeta cortou um pau, lançou-o ali e faz flutuar o ferro. Eliseu estendeu a mão e tomou o machado. Essa história está no livro de 2 Reis 6:1-7.

Os versículos descritos mostram que Deus é poderoso para fazer milagres em nossas vidas. Naquela época, o machado era um objeto caro. Hoje ele é um objeto simples que você compra por um preço baixo. Entretanto, nesse tempo não havia motores ou grandes máquinas. O machado era uma ferramenta de uso diário, imprescindível e bastante dispendiosa. Provavelmente, o rapaz teve que pegá-lo emprestado porque não tinha dinheiro para adquirir um. E quando o rapaz o usava, o ferro se desprendeu da madeira e caiu dentro do rio. Era impossível encontrar esse machado. A situação daquele homem se tornou complicada: além de não ter machado próprio, agora estava devendo um para outra pessoa.

Muitos de nós estamos passando por situações parecidas. Estamos endividados e passando por momentos de muita dificuldade financeira e precisando de um grande milagre em nossas vidas. Esse texto de 2 Reis nos serve de lição para aquilo que Deus pode fazer. Eliseu pegou um pedaço de madeira, ele não tinha outra opção. Não dava para mergulhar no rio para achar o machado, uma vez que se tratava de um rio profundo. Então ele utilizou aquilo que estava em suas mãos. Pegou o que tinha e lançou dentro da água. E quando ele fez isso, Deus operou o milagre.

Às vezes, queremos que Deus faça milagres segundo nossa lógica, nossa racionalidade. Mas Ele faz aquilo que é irracional. É sua natureza. Ele usa a madeira como um recurso para encontrar o ferro perdido. Eliseu lançou a madeira dentro da água e o Senhor colocou ali um anjo que encaixou o ferro na madeira. Eliseu fez o que estava em seu alcance, usou aquilo que estava em sua mão e o anjo de Deus se encarregou de fazer o milagre. Se você quer um milagre de Deus, não fique esperando uma situação coerente, faça o que você pode e deixe que Deus faça o resto.

Hoje, eu quero te convidar a fazer a sua parte. Você é fiel em seus dízimos e em suas ofertas em sua igreja? Se você não é fiel, não está fazendo a sua parte, então, não espere que Deus faça a dele. Entretanto, quando você age, passa a ter os princípios de fé e milagres sobre sua vida. Nós não colocamos nossos corações na lógica humana, – nas estatísticas de economistas – nossa confiança está no Deus Todo Poderoso. Faça o que está ao seu alcance. Lance a madeira dentro da água e o anjo de Deus se encarregará de acoplá-lo a madeira e fazer o machado flutuar. É impossível aos homens, mas é possível para Deus.

Bispo Carlos Vieira

É bispo e coordenador da Igreja Sara Nossa Terra, região Centro-Norte (Goiás, Tocantins, Triângulo Mineiro), com sede em Goiânia-Go. É formado em Agronomia pela Universidade Federal de Goiás e possui MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Carlos Vieira é autor do livro Aprovados por Deus e foi um dos fundadores da Rádio Sara Brasil FM, a primeira FM evangélica de Goiânia, e da Associação Brasileira de Ação Social (ABRAÇO), uma instituição filantrópica que oferece assistência e cursos para pessoas carentes. Vice-presidente do conselho de pastores de Goiânia, Carlos Vieira recebeu, em 2009, o título de Cidadão Goiano. Ele é casado com Cássia Vieira, bispa e psicóloga, e tem dois filhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>